Crescimento do PAN leva à abertura de vários novos espaços em 2018 e 2019

09 de Outubro de 2018

No seguimento do crescimento da estrutura do PAN em várias zonas do continente e das ilhas, os anos de 2018 e de 2019 contarão com a abertura de vários espaços físicos que se vêm juntar aos atualmente existentes em Lisboa e no Porto. Já no próximo dia 13 de outubro, sábado, pelas 14h30, o Deputado do PAN na Assembleia da República, André Silva, o Deputado Municipal em Faro, Paulo Batista e outros membros da Comissão Política Nacional do partido juntam-se em Faro para a inauguração do novo Espaço PAN, situado na Estrada de São Luís, 7-B.

O programa de abertura do espaço PAN em Faro contará com vários debates temáticos, focados na problemática dos incêndios florestais e no ordenamento do território, nas atuais leis de proteção e bem-estar animal, no avanço legislativo em matéria de direitos na parentalidade e na maternidade e, por fim, nas medidas do PAN em negociação para o Orçamento do Estado 2019.

Ainda em 2018 estão previstas as inaugurações de mais dois espaços PAN – um no distrito de Aveiro e outro no distrito de Setúbal – e em 2019 deverá ser inaugurado um Espaço PAN nos Açores. Estas são regiões nas quais tem sido evidente um apoio cada vez maior e mais ativo à atividade do PAN, razão que justifica a aposta na criação destes espaços físicos, nos quais será possível dar continuidade à aposta do partido numa relação de proximidade às comunidades.

Os espaços PAN assentam no conceito transversal de partilha e de debate de ideias, num ambiente eclético e cosmopolita que favorece a criatividade e a diversidade de perspetivas necessárias à inovação social e que inspira, em simultâneo, a participação individual e coletiva.

“A recetividade que temos sentido às nossas propostas é o que nos permite avançar para a abertura de novos espaços, e esta ação é particularmente animadora numa altura em que se aproximam três momentos eleitorais de relevo, nos quais pretendemos reforçar significativamente a nossa representação”, comenta André Silva.