AmbienteLisboa

Requerimento – Intervenção nas árvores junto ao Terminal de Cruzeiros?

Intervenção nas árvores junto ao Terminal de Cruzeiros

Conforme fotografias que se anexam, a autarquia de Lisboa ou outra entidade, cortou e abateu árvores junto ao Terminal de Cruzeiros, de Santa Apolónia.

Como é do conhecimento de todos, especialmente da Câmara Municipal de Lisboa, ao longo do Rio Tejo localiza-se um Corredor Verde, designação difícil de perceber considerando a falta de árvores existente e a falta de espaços verdes.

Este ato não se enquadra no que hoje se pretende para as cidades e para o meio urbano e não seria de esperar numa altura em que Lisboa é Capital Verde 2020.

Estas fotografias foram retiradas da internet, mais precisamente do Facebook de um grupo de pessoas da sociedade civil, cuja designação é Plataforma em Defesa das Árvores[1].

Perante o exposto, vem o Grupo Municipal do PAN solicitar a V.ª Ex.ª, que, nos termos da alínea g) do artigo 15º do Regimento da Assembleia Municipal de Lisboa, solicite à Câmara Municipal de Lisboa esclarecimento escrito quanto aos seguintes pontos:

– O motivo pelo qual foram cortadas e abatidas árvores?

– Que entidade procedeu a esta intervenção?

– Para quando um verdadeiro corredor verde ao longo do Rio Tejo?

Lisboa, 14 de janeiro de 2020

O Grupo Municipal
do Pessoas – Animais – Natureza
Miguel Santos Inês de Sousa Real


[1] https://www.facebook.com/photo.php?fbid=10216432161216809&set=pcb.2467100990222654&type=3&ifg=1&__tn__=HH-R&eid=ARAkLgQSz6QrXk5QvtjgwDGiu7-tzV9qG3lY6dFeazCTV4kb446qR240lMxDpu6wqlg1tIPdLtf3cGgz